WARGAMES

Batalha de Kursk29/06/2014 A Batalha de Kursk foi o resultado da última tentativa de Hitler para retomar a iniciativa das mãos soviéticas após o desastre de Stalingrado: a "Operação Cidadela". A "Cidadela" previa dois ataques convergentes ao "Bolsão de Kursk": ao norte, o ataque seria realizado pelo 9º Exército (Grupo-de-Exércitos Centro) e ao sul pelo 4º Exército Panzer mais o Kampfgruppe "Kempf" (Grupo-de-Exércitos Sul), num total de 35 divisões. Os ataques dessas forças convergiriam para Kursk, cercando 4 exércitos soviéticos (40º, 38º, 60º e 65º).
Os soviéticos, porém, conheciam as intenções alemãs. O comando no "bolsão" estava dividido entre duas "frentes" (a terminologia soviética usa o termo "Frente" ao invés de "Grupo-de-Exército"): Frente Central (48º, 13º, 70º, 65º e 60º Exércitos, mais o 2º Exército de Tanques) e Frente Voronezh (69º, 6º de Guardas, 7º de Guardas, 38º e 40º Exércitos mais o 1º Exército de Tanques). À retaguarda (à leste, fora do tabuleiro), estava a Frente da Estepe, à qual pertencia o 5º Exército de Tanques de Guardas e o 5º Exército de Guardas. Essas forças eram superiores às alemãs e estavam fortemente entrincheiradas. Além disso, a força aérea soviética já começava a levar vantagem sobre a Luftwaffe.
Apesar dessas desvantagens, os alemães lançaram a ofensiva a 05/07/43, cujo clímax foi a grande batalha de tanques de Prokhorovka, com o 5º Exército de Tanques dos Guardas se pegando com o Corpo Panzer SS.
Download Relacionado:
Clique aqui para baixar  kursk
Compartilhar: