Projeto Atena > Outros

Memorando Russo com Aconselhamentos para a Sérvia29/06/2014O Ministro de Relações Exteriores informa ao Conselho Ministerial que , de acordo com informações por ele recebidas e em alinhamento com o pronunciamento feito pelo embaixador Austro-húngaro à corte Imperial, o governo Austro-húngaro fez demandas ao Governo Sérvio, que parecem ser bastante inaceitáveis como estado soberano. Tais demandas se resumem a um ultimato, com prazo definido para amanhã, 12 de Julho (Calendário Juliano) as 18:00.  

Visto isso, e antevendo que os Sérvios virão até nós para aconselhamentos, e talvez até mesmo para ajuda, surgiu aí uma necessidade de preparamos uma resposta para ser dada à Sérvia.  

Considerando a declaração feita pelo Marechal Sazonov em relação a informação reportada ao Ministério da Guerra, da Marinha e das Finanças, no que tange a situação político-militar, o Conselho Ministerial proclama:  

1-)  Aprovar a proposta do Ministério de Relações Exteriores para entrar em contato com os gabinetes das Grandes Potências a fim de induzir o Império Austro-Hungaro a garantir uma extensão no prazo de resposta ao ultimato apresentado, a fim de possibilitar as Grandes Potências se familiarizarem com o tema e investigarem os documentos do crime de Sarajevo, documentos estes que estão nas mãos do governo Austro-hungaro, e os quais, segundo declaração do Embaixador Austro-hungaro, poderão ser enviados ao governo Russo.  

2-) Aprovar a proposta do Ministério de Relações Exteriores de aconselhar o governo Sérvio, no caso de a situação na Sérvia esteja ao ponto de que ela, com seus próprios meios, não possa se proteger de uma possível invasão armada pelo Império Austro-Hungaro e não apoiar de forma militar à invasão do território Sérvio caso tal invasão ocorra, mas de ser o porta voz de que a Sérvia confia seu destino ao julgamento das Grandes Potências.  

3-) Autorizar os ministérios da Guerra e Marinha, em acordo com seus deveres, solicitar à Sua Majestade para consentir com a progressão de tais eventos, a fim de mobilizar seus quatro distritos militares em Kiev, Odessa, Moscou e também as frotas do Báltico e do Mar Negro. (nota: No original em russo, houve um erro gramatical, que foi corrigido à mão por Vossa Majestade)  

4-) Autorizar o Ministério da Guerra a mobilizar suprimentos de guerra    

5-) Autoriza o Ministério das Finanças a tomar todas as medidas para retirar quaisquer valores que estejam em territórios da Alemanha ou Áustria   O Conselho Ministerial considera seu dever informar Sua Majestade das decisões que foram tomadas nesta reunião.  

Assinado: Presidente do Conselho Ministerial
SECRETÁRIO DE ESTADO GOREMYKIN
Compartilhar: